terça-feira, 18 de outubro de 2011

VOCÊ É SALVO?



Quando alguém pronuncia a palavra “salvo”, o que é isto quer dizer para si? Uma colheita é “salva” por uma boa chuva. Um cirurgião “salva” a vida de um paciente através da perícia usada numa cirurgia. Um bombeiro ou um salva-vidas “salva” uma criança de ser afogada. Mas no mundo espiritual muitas pessoas não compreendem o significado de ser “salvo”. O Apóstolo Paulo disse ao carcereiro em Filipos: “Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa.” Paulo usou a palavra “salvo” no seu sentido espiritual.
Todos nós necessitamos de ser “salvos”. A Bíblia ensina que quebrámos a Lei de Deus. Todos nós pecamos contra Deus. Estamos fora da lei. Todos necessitamos de ser salvos.
Problemas
Temos problemas domésticos, os nossos lares estão a ficar desfeitos. Temos problemas de negócios, problemas de saúde, problemas familiares. Por vezes queremos gritar com a vida. Queremos escapar. Tentamos escapar da realidade do dia-a-dia através das drogas ou do álcool, ou até mesmo através do suicídio. Tal como aquele carcereiro em Filipos, as pessoas clamam: “O que é que devo fazer para ser salvo?”
O Apóstolo Paulo e Silas estavam a trazer o Evangelho para a Europa. Na Macedónia foram a Filipos, uma grande cidade e colónia romana e dirigiram-se até ao lugar de oração, à beira do rio. No caminho encontraram uma jovem que estava possessa. Paulo disse ao demónio que estava na jovem: “retira-te dela” e o demónio saiu. Os corruptos que controlavam a jovem ficaram furiosos, porque ela adivinhava o futuro e eles ganhavam dinheiro com isso. Os homens levaram Paulo e Silas aos magistrados, onde foram açoitados e lançados na prisão e os seus pés foram presos no tronco. Mas em vez de se lamuriarem e queixarem porque lhes tinham açoitado as costas e sangravam, e porque estavam num cárcere infestado de ratos e com um cheiro horrível, o que fizeram eles? Paulo e Silas “oravam e cantavam louvores a Deus,” e os outros prisioneiros ouviram-nos.
De repente, um terramoto abalou toda a prisão, as portas abriram-se e soltaram-se as cadeias dos prisioneiros.
Decisão
Na lei romana, se o carcereiro de uma prisão alguma vez perdesse um prisioneiro, tinha de ser morto. Assim, o carcereiro tinha de estar sempre alerta. Quando o carcereiro viu as portas abertas, pensou que iria ser morto. Puxou da sua espada e estava prestes a suicidar-se quando Paulo disse: “Não te faças nenhum mal, que todos aqui estamos”. O carcereiro, trémulo, caiu de joelhos diante deles, e perguntou: “Senhores, que devo fazer para que seja salvo?” Ele tinha estado a escutar os seus cânticos e o seu testemunho de Cristo.
Muitos de nós poderemos dizer que o carcereiro não estava num estado emocional capaz de fazer uma decisão espiritual. Talvez alguns até digam: “Irmão, espere um pouco. Pense melhor. Você não sabe realmente o que está a fazer. Você está emocionalmente perturbado.” Mas Paulo e Silas não fizeram nada disto. Eles deram-lhe uma resposta directa. Eles disseram: “Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa.”1
Eu já vi pessoas virem a Cristo sem nenhuma emoção. Já as vi virem em lágrimas. Já as vi virem com riso. Já as vi virem por causa de amor por Ele. Já as vi virem por causa do temor do julgamento e do inferno. Angelo Patri disse algo que vale a pena lembrar: “a educação consiste em temer as coisas certas”.
A Bíblia diz que devemos temer a Deus. “Tema ao Senhor toda a terra, temam-no todos os habitantes do mundo.” Nós esquecemos que Deus é para sempre e sempre (de geração em geração), que Ele criou todo o universo e que Ele quer que prestemos contas da vida que levamos. E Ele quer que prestemos contas do que fazemos com o seu Filho, o Senhor Jesus Cristo. Temos de o amar como a um Pai e ter um temor reverencial para com Ele; e também devemos temê-Lo como a um fogo consumidor, porque as Escrituras dizem: “o nosso Deus é fogo consumidor.” Haverá um dia de julgamento. Se eu não conhecesse a Cristo, eu tremeria. As Boas Novas são que, apesar dos nossos pecados, Deus ama-nos. Ele está disposto a salvar-nos. Ele está disposto a perdoar-nos. Ele quer nos levar para o céu.
Perguntas
Um dia, estava eu a pregar numa escola teológica, na parte Este dos EUA (Eastern Divinity School) quando um aluno me perguntou: “Pode-me dizer, numa linguagem simples, o que devo fazer para ser salvo?” Ele estava a estudar para o ministério, mas não conhecia Jesus Cristo. Três dos alunos nesse dia aceitaram o Senhor.
Depois de Pedro ter pregado o seu grande sermão no dia de Pentecostes, a Bíblia diz que “compungiu-se-lhes o coração” e perguntaram a Pedro: “Que faremos?” Esta é a mesma questão que o alto oficial etíope lançou a Filipe. E Filipe respondeu-lhe: “É lícito [seres baptizado] se crês de todo o coração.” O alto oficial creu e continuou o seu caminho cheio de júbilo.
Este homem não teve de fazer mais nada além de crer, mas, oh, que grande palavra é esta “crer”. A palavra “crer” carrega em si a ideia de confiança e fé. Cremos ao ponto de entregarmos a nossa vida a Jesus Cristo como nosso Senhor e Salvador. Não temos outro Senhor, nem outros deuses; estamos dispostos a mudar toda a nossa vida para torná-Lo Senhor e Mestre. Isto é o que significa. Já Lhe entregou a sua vida desta maneira?
Venha
O cego veio como estava e creu. O leproso veio como estava e creu. Maria Madalena, com sete demónios, veio e creu. O malfeitor na cruz disse: “Jesus, lembra-te de mim.” E naquele momento Jesus disse: “Hoje estarás comigo no paraíso.”
Não seria maravilhoso entrar no Paraíso com Jesus? O malfeitor tinha feito mal. Ele não tinha tempo de ir e pedir perdão a alguém. Ele não tinha tempo para endireitar a sua vida. Ele não tinha tempo de fazer fosse o que fosse. Mas ele foi salvo nesse dia. Esta é a maravilha da salvação: “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome.” “Mas, ao que não trabalha, porém crê naquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é atribuída como justiça.” “Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus, por meio de nosso Senhor Jesus Cristo.”
Crê de todo o seu coração? Já entregou completamente a sua vida a Cristo? Ele é seu? Já disse: “Eu quero que Cristo seja o meu Senhor e o meu Mestre e o meu Salvador?”



Atos 16:31
Atos 16:18
Atos 16:25 Atos 16:28
Atos 16:30
Salmo 33:8
Hebreus 12:29
Atos 2:37
Atos 8:37
Lucas 23:42
Lucas 23:43
João 1:12
Romanos 4:5
Romanos 5:1



obs: por necessidade de algo que falei no término  de nossa reunião tive a necessidade de abordar este tópico 16112011
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário